Tuna de Câmara de Machico

A TCM – Tuna de Câmara de Machico foi fundada em 10 de Setembro de 1983 no sítio da Ribeira Seca, concelho de Machico.

Composta inicialmente por elementos oriundos de diversos extractos sociais, desde estudantes, professores, trabalhadores de diversas áreas, propôs-se fazer jus à sua própria identidade, isto é, cultivar e executar peças musicais de carácter clássico destinadas a pequenos recintos denominados “câmaras”, daí a designação “Música de Câmara”.
Assim, ao longo destes vinte e quatro anos, a TCM debruçou-se sobre partituras de Beethoven, Mendelssohn, ViValdi, Haendel, Mozart, Bizet e outras de índole mais ligeira, como Strauss e, por acréscimo, composições napolitanas. Actuou nalgumas unidades hoteleiras, entre as quais, o antigo “Atlantis”, e nalgumas igrejas, sobretudo nas liturgias de matrimónio e determinadas solenidades locais.
Foi seu fundador o Pe. José Martins Júnior que, até à presente data, tem sido o seu director artístico.

Circunstâncias inevitáveis da (emigração, universidade no continente, casamento) retiraram do seu elenco vários elementos iniciadores da sua criação e obrigaram à  renovação dos executantes, como de resto acontece com todas as colectividades desta área.
Hoje, a TCM conta com cerca de 15 elementos efectivos, estando “na forja” crianças e adolescentes que frequentam as aulas de iniciação musical com vista à sua integração efectiva na tuna.

Director Artístico/Responsável: José Martins Junior