O BANDOLIM ATRAVÉS DO TEMPO. É sob este lema que se realiza o II Estágio de Orquestra de Palheta. Com a convicção que a aposta realizada no ano transacto por esta equipa foi uma vitória bem como um passo determinante na evolução do Bandolim na Região Autónoma da Madeira, associando a todos estes elementos o esforço, dedicação, prazer e humildade, de cada interveniente, o ano de 2009 irá representar uma nova etapa para a Associação de Bandolins da Madeira que renova e redobra as intenções.

Músicos no I Estágio Orquestra de Palheta

Além do presente estágio ter como principal objectivo continuar com o despertar de todos os executantes do Bandolim na Região Autónoma da Madeira e valorizar as suas aprendizagens, de realçar que é preciso aperfeiçoar técnicas bem como inovar conceitos artísticos e estéticos.

Contando novamente com a preciosa colaboração de Norberto Gonçalves da Cruz como director artístico/maestro, este estágio surge numa aposta por parte da direcção da Associação de Bandolins da Madeira na formação de todos os executantes do Bandolim na R.A.M.

Rodolfo Cró
Presidente da Direcção